quarta-feira, 24 de julho de 2013

Destino





Sei que eu não sou fácil de entender.
E também sei  que não é fácil eu me entregar.
Mas no meio da noite quando estou com você,
As palavras fluem, é difícil de explicar.

Eu nem mais lembrava como é bom sorrir sozinha,
Ou pensar no futuro logo antes de dormir.
É como se minha mente expressa-se em uma linha.
Os meus anseios, o que eu quero conseguir.

Olha só o que a vida faz com a gente,
E o destino não se cansa de mostrar.
Mesmo com essa distância prepotente,
Teu sorriso e teu olhos (ora verdes, ora castanhos),
eu não me canso de aguardar.





2 comentários:

  1. Lindo texto, devias estar apaixonada por alguém que estava distante?
    Sei bem como é isso, e me identifiquei com o que escreveste. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Todos os textos que eu escrevo, tem nomes e sobrenomes. Obrigada pelo carinho!

    ResponderExcluir

Olá! Se gostou do que leu, deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...