quinta-feira, 26 de abril de 2012

Debruçada na Janela

E aí vai uma relíquia para vocês! "Debruçada na janela" foi uma poesia escrita quando eu tinha uns 12 anos de idade. Simples mas profunda, não demonstra a realidade dos meus sentimentos, mas a de muitos outros.


Debruçada na janela
Olhando o mundo lá fora
Uma linda jovem chora
Ao ver o seu pai partir
Mas de tanto que chorou
Desaprendeu a sorrir

A menina todo o dia
Pede ao nosso senhor:
Por favor cuide meu pai
O paizinho que eu amei
Pois até hoje eu sei
Que ele me amou também

Escrito pela autora do blog em 2002

3 comentários:

  1. Bom dia menina, fico muito feliz por te-la em meu blog, adorei este poema.
    Um abraço.
    Iara Gonçalves

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Iara pelo comentário!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Diante da janela que olhamos o horizonte, nossos pensamentos voam, aí que buscamos perguntas ou respostas.
    *******************************************
    forte abração e um beijão!!

    ResponderExcluir

Olá! Se gostou do que leu, deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...